Você ainda pede exame de fezes?

            Você já fez conta de quanto ganha a cada vez que pede um exame?

            É simples. Veterinários não pedem mais certos tipos de exames como antigamente e deixam de fazer medicina de alta qualidade.

            Refaça as contas. Coloque metas. Nunca peça exames desnecessários, apenas por mercantilismo. Isto é antiprofissional e fora de questão.

            Conte quantos exames foram feitos nos últimos 3 meses de:

  • Coproparasitológico;
  • Dirofilariose;
  • ECG;
  • Otoscopia;
  • Hemograma;
  • Ultrassom (são vários órgãos pesquisados);

            É incrível quantos animais sofreriam menos e seriam salvos se o profissional pedisse mais exames. Os clientes dizem com frequência alarmante a seguinte frase ao se deparar com alguns tipos de requisições de exames subsidiários: “Nunca me pediram este exame. Se soubesse que era necessário, teria feito!”

            Quando se sabem os números de 3 ou 6 meses, totais, para cada exame, se terá uma ideia se esta estatística é alta, baixa, ou dentro da média. Basta conversar com seus colegas, em especial com os das empresas parecidas com a sua e outras bem maiores.

            Com os números nas planilhas ficará fácil estabelecer metas novas para melhor cuidar dos pets de sua clínica ou consultório. Cada veterinário deverá aumentar o número de exames por semana e por mês. Todos ganharão bônus ao atingir metas. Clientes se tornarão mais felizes e seus pets mais saudáveis. Não há como se ter medicina de alta qualidade sem exames subsidiários frequentes.

Marco Antonio Gioso
FMVZ – USP

Comentários no Facebook

Deixe um comentário